Campeã da Copa

Momento da chegada depois do sprint final

Curitiba amanhece com seus 4º na sensação térmica de uns 2º. Sim, a cama estava propicia a me aquecer e sair dela estava doendo na alma, mas tinha com compromisso com a corrida (que não é novidade). 

No meio da semana o Caio resolveu querer participar deste evento, afinal de contas ele estava bem animado por ter voltado a treinar corrida e certamento queria mostrar o quanto estava "fera". Eu já tinha programação para junho no circuito Track in Filed então eu decido querer participar desta corrida na qual ele queria participar. Por mais que seria o dia mais frio de 2018 estava disposta a meter a cara, opa, meter as luvas e gorro e ir em frente.

Sábado fui lá na entrega de kit e coloquei lá na lista "Lily 6,5km". Tva feito não podia voltar atrás. Seria minha primeira vez que participaria deste evento com o tema COPA DO MUNDO. Eu via nas redes sociais que as pessoas iriam de camiseta de time para prestigia-los e como o percurso seria em estádios dos principais time da capital eu resolvi ir vestida de Palmeirense. Foi uma boa pq quem não me conhecia achava que estava ali "disfarçada".

Larguei lá na frente ao lado do Caio que estava se preparando para fazer seus 16km e eu bem de boa. Na verdade eu fui sem a minima intensão de pegar algo, mas em vista não vi nenhuma das meninas poderosas de Curitiba então já na largada mandei bala e sai buscando todas que estavam na minha frente. Foi homem, mulher eu tinha que passar. E confesso que me surpreendi comigo mesma nas subidas por que eu sou "péssima" em subida. Olha lá os treinos do Edson Bortolace (professor do Studio) dando bons frutos.

Teve uma momento que a terceira estava do meu lado e... Não deixei! Fui a corrida toda mirando a primeira colocada sem me esforçar muito faltando 300 metros eu dei aquele "tiro" e passei chegando em primeiro lugar. Nossa parei e pensei:" Que tiro foi esse?" Realmente cheguei com cara de podre, dá para ver na foto.

Ficou da seguinte forma:
Lily Martins feminino Campeã nos 6,5km com o tempo de 30'03" na Studium Marathon Copa do Mundo, show de bola! 


Subida do Capanema

Renasci das cinzas



Quaaaaaaantas saudades do meu Blog querido. Nossa quanto tempo! 
Gente fiquei fastada das postagens mais não das corridas e treinos. E para não perder o costume aos poucos vou relatar as corridas e provas que deixei para trás sem dar as notícias. Confesso que havia perdido a senha e com a nova geração "Instagram" acabei me deixando levar e tudo eu colocava por lá. Bom, eu resolvi voltar a postar as minhas loucas aventuras nas corridas.

Tenho novidades neste meio termo, fiquei treinando em particular com o professor Leandro, depois sai definitivo da Assessocor e entrei para assessoria da Dione D Agostini Chillemi, uma uma grande professora e aletra de elite. Iniciei na nova assessoria no inicio deste ano (2018). Ainda estou com vinculo com a Assessocor só que treinando no Studio para fortalecimento e confesso que vi beeeeeem mais resultados que treinando na academia. 

Em 2016 decido ter uma nutricionista, sequei, fiquei com AQUELA barriguinha, comia tudo a risca, mas depois de uma crise de depressão eu decidi para e não consegui mais alinhar a dieta. Não que eu esteva comendo besteira mais de uma maneira erradíssima, mas não ganhei peso gente de 56 kilos para 57 tá bom, só preciso ver o inicio de massa magra que nessas alturas do campeonato deve esta gordíssima.


Sai do Ticket Agora em dezembro mais o apoio continua junto com a Webrun que mudou a marca e esta bem mais bonita, confere lá depois ( www.webrun.com.br). Por esta desempregada tenho tempo livre para me dedicar mais os treinos por isso 3x por semana treino mas pesado pela parte da tarde. Quando voltar ao pesado continuarei mais pela noite como antes.

Em outubro comecei a sentir um forte desconforto no meu calcanhar esquerdo e essa lesão foi agravando até eu reconhecer que estava com a "famosa" Fascite Plantar. Para minha tristeza em janeiro ela piorou e fui forçada a tratar com fisioterapia e ati flamatório. Até o momento estamos ai na luta, mesmo indo ao ortopedista e ele pedir para parar de correr e tratar, bom, não parei e estou levando na dor até o meu corpo pedir para que eu pare.

É isso ai, vamos voltando aos poucos, postando as corridas, tempo, colocações e olha que tem muitos pódios ai viu.

Divirtam-se!


Fotos: Tiago Sassi

Postagem atrassada

Quarteto fantástico
Demorei mas cheguei, pois é estou super hiper mega atrasadas nas postagens. Muitas coisas ocorreram, problemas pessoais m deixarem de fora da minha rotina, até dos meus treinos e dieta. Agora estou aos poucos tentando voltar a vida normal. Viu passar o resumi de como foi a minha primeira prova de Revezamento do Pão de Açúcar. Na verdade eu fui convidada pelo Caio para fazer dupla (meu Deus 21km de revezamento?). Acabei o convencendo de que não estava muito "afim" então convidamos a Liliane e o Wagner para participar de um quarteto misto, yeah deu certo e formamos a equipe.

Fiquei em São Paulo três dias antes da prova, fui á trabalho e pouco treinei, a minha cabeça estava desfocada com os treinos, ainda não estava legal então decido fazer alguns treinos de fortalecimento na academia e pouco corri. No dia dia prova estava muito calor e a previsão de chuva seria apenas para o final da tarde, então, estava super "abafado". Meu Deus, imaginei o que viria por ai. Eu fui a primeira a sair, fiz meus 11,8k não como esperava, estava muito calor e não havia levado um sal ou algo doce parei para caminhar 4x e só não desisti por que estava em uma equipe mas confesso que estava muito mau. O ponto de hidratação estava muito longe um do outro e isso dificultou muito o eu desempenho, entreguei os "bet´s" e passei para o Alexandre ( esqueci de falar que o Wagner não pode ir pois lesionou no último sábado uma semana antes da corrida no longão que estávamos fazendo, dai convidei o Diniz amigo nosso do Instagram). Alexandre fez super bem, em seguida foi a Liliane e para fechar o Caio mandou super bem.

O que valeu foi a companhia e a diversão, ano que vem pretendo fazer uma equipe feminina octeto, vai ser complicado pois vou ter que convidar alguma meninas de SP caso minhas cias não poderem ir.

Logo voltarei aos treinos firme e forte! Segue... Valeu Ticket Agora, Assessor Assessoria esportiva, Leandro Nascimento meu treinador e a Mel minha nutri.


Terceiro ano de Vênus

O túnel do Jockey
Nossa estava esquecendo de fazer as postagens agora vou aproveitar e colocar um atrás do outro e tentar me lembrar de todos. Andava meio parada com tudo tanto nos treinos, dietas por conta de problemas na vida pessoal. Estou voltando aos poucos, isso é normal para mim tem horas que estou no "pico" e outras que estou la embaixo dai eu paro de fazer as coisas que eu mas gosto e depois volto a ativa. Peguei um pouco de peso e agora estou tentando a voltar a perder a cada visita na nutricionista meus 10% de gordura. Na verdade estou fugindo dela para não levar broncas. Sem treinos perfeitos não queimo minhas calorias.

Foi o meu terceiro ano da prova da Vênus e desta vez fui na companhia da Liliane e Luciana que foi fazer uma prova pela primeira vez fora de Curitiba. Ela amou a estrutura e o evento, claro que para mim e um dos melhores para a mulherada. Desta vez haviam outras provas do tipo "Revezamento do Ayrton Senna" então muitas mulheres foram para lá. Acredito que tinham umas 15 mil mulheres diferente dos outros anos. Estava cansada pois fomos de ônibus pois a passagem de avião encima da hora não compensava então por mas que fomos no melhor com todas as comodidades estávamos exausta de caminhar o sábado todo com uma mochila as costas pesada.

No dia da prova não me sentia 100%, pois era para fazer o meu longão no sábado e não fiz  NADA e acredito que minha corrida não rendeu pois corri cansada e muito preocupada com o tempo. Por mais que eu tenha largado na frente estava como terceira colocada com o pace muito forte e fui caindo aos poucos.O meu foco seria chegar entre as dez primeiras colocadas pois as meninas eram muito fortes e não tinha como pegar as cabeças e fui me contendo. Pelo meus cálculos eu fechei em 12º lugar mas o resultado estava como 23º. Como pode?!! juto, eu não entendi nada, mas tudo bem, levei em consideração o meu resultado pois ainda sei contar.

Acabou a prova, demos uma volta e fomos embora para pegar o ônibus e chegar a tempo. Cansada mais feliz!

Valeu Leandro Nascimento meu treinador, a Mel a minha nutricionista, Assessocor a minha assessoria, meu esposo que sempre me apoia e ao Ticket Agora meu patrocinador mas querido!

A Liliane atrás chegou bem colada comigo

Quarteto de bronze

Eu e Carla Rodrigues rumo ao final
Fala galera saudades de postar por aqui, demoro mais apareço. Só tive um tempinho de passar por aqui e registrar o que aconteceu na corrida de domingo na Let´s Run etapa Curitiba. Fizemos um quarteto feminino com estreando as novas camisetas da nossa equipe "Super Corredoras", e já de cara pegamos pódio, não foi o primeiro nem segundo lugar e sim o terceiro, claro as equipes estavam fortes e parece que todo mundo resolveu fazer quarteto. Tanto o masculino quanto o feminino estavam fortes. O importante que chegamos a onde queríamos, firmes e fortes,

Eu fui a primeira "perna", fiz em 17 minutos, a Carla em 18 minutos e a Joyce com a Liliane 19, mas pelo fato de pegarem o sol muito quente e aquela subida "filha da mãe", que quebra qualquer um, justamente no final da corrida. Foram 4km para cada participante, adrenalina sempre conta. Não estava em um bom dia, alguns problemas pessoais estavam me abatendo e não dormi nada a noite passada, mais mesmo assim fiz bem mesmo sabendo que a prova era difícil por mais que seja poucos km eram pesados.

O meu esposo fez quarteto com a outra equipe (Ticket Agora) e conseguiram pegam o terceiro lugar geral, nossa que alegria para eles, fiquei bem contente em vêr nosso nome no pódio e saber que podemos ser bons e SOMOS.

Hoje estou me preparado para a corrida da Vênus em SP, será o meu terceiro ano e desta vez vou levar junto comigo as minhas amigas Liliane e Luciana que irão pela primeira vez, ela estão ansiosas e eu bem mais.

Agradeço mais uma vez ao meu patrocinador Ticket Agora, Assessocor Assessoria esportiva pelos treinos (Leandro Nascimento). Minha nutricionista Mel, meu professora Felipe da academia Body line, fiquei alguns dias paradas mas voltei e tomara que "no stop" desta vez, pois estou determinada e me preparando para a Golden de Brasilia que será a revanche.

Carla, eu, Joyce e Liliane com nossos lindos troféus.

Primeiro... Segundo lugar?


Segundo trecho

Salve salve nação runners, estou aqui para mais uma postagem. vamos falar deste final de semana onde rolou a Meia Maratona de Curitiba Subway. Montamos um trio eu, Marta e Tais, só que a lindona da "Tais" machucou na semana passada no triathlon e tivemos que correr atrás de uma substituta, dai sugeri a Adriana Bratti que é super forte, não deu outra, fomos o trio feminino campeãs...Pera ai, campeãs?!!! Como assim? Pera, vou explicar, saiu uma listagem no final da prova e estávamos lá como primeiras colocadas no trio feminino, SQN uma outra equipe feminina que não constava na listagem foi lá reclamar e acabamos perdendo a colocação...Oh god! Não acreditei e fui ver com a organização o que havia ocorrido, sem muitas explicações acabei voltando calada e pedindo para minhas parceiras aceitarem, por mas que a Adriana havia nos dito que tinha passado na terceira participantes delas, que é algo que não duvido pois a Drica é power!

Subimos no pódio, conformadas mas sabendo que fizemos a nossa parte lindas, leves e loiras e morenas...Rss,

Antes de fazer o seu segundo trecho, eu "comi bola" e perdi a carona para a troca e tive que correr 5km até lá, aproveitei e fui fazendo um aquecimento bem leve. Fiz o meu trecho de 7km em 32 minutos (ótimo), um dia antes fiz 14km. Depois que passei o bastão para Adri (terceira corredora), resolvi voltar até a largada correndo, foi tão gostoso vi muita gente conhecida e aproveitei no km 17 puxar meu amigo fotografo Tiago.

Fechei o final de semana com quase 35km, apenas fiquei com uma lesão que esta há um bom tempo comigo, tratar né!


Obrigada Leandro Nascimento meu treinador, Mel minha "nutri", Felipe meu treinador de musculação e claro meu patrocinador Ticket Agora :D


Adriana Bratti, Marta Kato e eu feliz na vida



Altimetria PUNK

Foto: Chris Volpe

Até que fim cheguei para fazer um relato de como foi a primeira Golden Run Asics. Cara não tive tempo a semana passada e agora vou mandar vê na minha experiencia. Meu objetivo era  baixar o meu tempo na meia, para isto vinha fazendo os meus treinos correntinhos, longos nos finais de semana até nutricionista, bem mas não foi como eu gostaria que fossem, aliás meu tempo foi lá em cima. Como eu havia feito uma cirurgia dentaria duas semanas antes dai "miou" literalmente meus planos, tive que ficar de molho sem almenos caminhar. Dai corri da do Santo Dumont para treino e peguei uma gripe dai mais uns dias de molho.

Acabei me convencendo de que não rolaria baixar a meia menos de 1h49, me conformei e rodei na companha da Carla Rodrigues e Joyce Ribeiro. Vamos na boa, sem estresse e sem querer bater tempo. Curtindo por cada lugar que passávamos em São Paulo, sorrindo para as fotos e apreciando tudo ao nosso redor. A subida da Brigadeiro não foi tão impactante como imaginei, fui no pace baixo, claro era um pouco pesada mas fomos. Na hora de colocar o sal na boca a minha capsula estourou e acabei ficando sem, apenas chupando "jujubas" no lugar do gel que na verdade não me dou muito bem. Levei a minha água e nos pontos só pegava o isotônico mesmo.

Já no final no km 19 pegamos um túnel que parecia não ter fim, até chegar no meio dele e seu senti a minha pressão cair de uma forma que me fez dar uns cinco passos de caminhada, cara eu não acreditei que no final o meu corpo pedia para caminha, mas as meninas me acudiram e me deram um sal que a Joyce havia guardado, foi o que me salvou e aos poucos fui recuperando com ajuda das meninas, mas não queria chegar antes das 2h, e acabamos finalizando a prova em 1h59m04s (na laaaaaaaaaaata). Ainda parei para dá entrevista para Webrun e tirar umas fotos, uau fiquei por três dias com dores musculares como nunca tive, gente acredito que estava travada por conta da ausência de treinos e a gripe, fora isto o evento foi maravilhoso e agora aguardar para meia de Brasilia que sera a minha "vingança" da minha primeira meia que eu fiz em 2h11.

Agora vamos aos treinos.

Joyce Ribeiro, Carla e eu parceria até o fim


Depois da gripe veio o troféu

Pódio

Depois de passar o sábado toda de cama tratando da gripe que ganhei na sexta na prova do CIDACTA, resolvi acordar cedo e ir para Tujucas do Sul em uma prova Cross Country. Fazia um bom tempo que não ia para aqueles lados, que na verdade o percusso que eu fiz neste domingo eu já havia feito há uns 6 anos atrás lá no começo da minha vida de corredora. Corria pensando o quanto eu curtia aquela tipo de prova, já hoje eu curto pista e reta. Havia muitas subidas e descida meio " em falso". Quando eu larguei fui atrás do homens, não havia nenhuma mulher perto de mim para minha alegria, mantive o pace e fui na boa sem procurar me matar, apesar de que eu já tinha feito uma prova na sexta e forte eu estava ali para mais um dia de treino.

Quando eu vi que a segunda colocada estava estava uns 100 metros de mim, eu não tive dó e fiz as últimas subidas na raça queria ganhar mais um troféu de campeã aquela dia, eu merecia pelo meu esforço e dedicação. Eu já tinha sofrido por não ter treinado uma semana queria mostrar para mim  mesma que seria meu aquela troféu.

Uhuuu, abri para segunda e colocada que no final me abraçou e trocamos algumas palavras. Foi bem legal, o clima estava gostoso não tão frio e nem calor consegui fechar em 35 minutos e alguma coisa. Uau, já tinha feito 12km do meu treino do final de semana e faltava 8k para fechar a planinha, confesso que a vontade era grande mais o meu corpo precisava de descanso pelo gripe que não estava curada e outra coisa domingo tem a Golden Run a meia maratona em São Paulo que era meu foco.

Bom foi isso ai, mais um para coleção.

Agradecimentos:
Leandro Nascimento - Assessocor Assessoria Esportiva
Felipe - Academia Body Line
Ticket Agora - Assessocor.com.br
Mel PIinesso - Nutricionista

De última hora para rodar

Chegada muito fria
Estava quieta ao receber o convite para participar da 1ª Corrida Santos Dumont CINDACTA em Curitiba, uma prova que menos de 3 horas as inscrições já estavam esgotadas, realmente seria uma prova diferente pois começou a largada as 22h da noite a base de muito MUITO frio mesmo.

Cheguei a pensar se iria ou não devido ao frio que estava naquela noite de sexta-feira, mais pela rodagem e a companhia da galera eu FUI linda e bem agasalhada (fora da pista). Gente não lembro quantos graus que estava aquela noite, a única coisa que me lembro foi ter largado no fundão por ter perdido tempo na fila do banheiro e claro ir para rodar, fiquei lá trás juntos com meus amigos. Mas na hora da largada, não tive pena, fui cortando um em um até o corpo esquentar. Nossa não sentia meus pés de tão gelados que estavam e quase que cheguei a parar por conta do frio, mas minha vontade era maior então fui pegando um à um, era uma emoção legal largar bem no fundão e ir "catando' a galera no meio do cominho, mantando o pace na casa dos 4.

A lanterna ajudou um monte, pois passávamos por dentro da pista do aeroporto do Bacacheri, foi tão mais TÃO gostoso correr lá dentro, nessas horas não tinha mais frio o corpo estava super quente. Quando cheguei fui direto para a área coberta peguei o isotônico e deis uma sequencia de espirros e corri para pegar o meu agasalho meu corpo estava querendo gripar para minha tristeza.

Depois fomos comer pizza com a galera e peguei e casa fiz um chá e tomei um anti gripal. No dia seguinte estava "malzona", fiquei praticamente de cama tomando remédios e chás para ficar boa para o dia seguinte, pois tinha uma prova que conto em sequencia. Era para fazer 20k de treino, não rolava de forma alguma fiquei tranquila na minha caminha conforme mandava o patrão.

Fiz um bom tempo, 22:41 e peguei uma colocação legal mesmo em uma prova na qual larguei no fundo,noite fria e com  muitas meninas fortes. Foi muito bom mesmo, gostei do meu desempenho por mas que tenha passado uma semana parada por conta de uma cirurgia dentaria (parada total)...Enfim, amei mesmo pegando uma gripe chata!

Agradecimentos:
Leandro Nascimento - Assessocor Assessoria Esportiva
Felipe - Academia Body Line
Ticket Agora - Assessocor.com.br
Mel PIinesso - Nutricionista



Medalha muito show!

Correr em Sampa é TDB!

Apenas eu no final

Olá galera do mundo runners, estou aqui novamente para relatar a corrida no qual eu participei neste domingo dia 9 em São Paulo. Eu já estava em Sampa à trabalho e durante a semana eu deu uma treinadinha. Quinta-feira seria treino de tiro (1x3000 - 1x2000 - 1x 1000), Dai, como não havia pista ou alo parecido, fui treinar na escadaria da Sumaré. Fiz umas três séries e mandei bala (SQN). Já na sexta-feira fui à academia e o que eu fiz?! Agachamento...Não era GURIA! Sinceramente não sei o que rolou na minha mente e fui treinar perna dois dias antes da prova. Sábado rodei 20k da Avenida Sumaré até o Parque Ibirapuera. Claro de lá dei algumas voltas a mais para finalizar o treino.

Domingo acordei as 5h e fui na prova com sede do rodar os 5k. O meu esposo me acompanhou e finalizou os 15k em 01h05 (ficou tão feliz, e claro que eu também).

A prova foi muito boa, o percurso era "bate e volta". Na largada só tinha as feras de SP, e confesso que fiquei bastante nervosa e sabia que ali não rolaria nada, nem baixar o meu tempo. Até porque não poderia me cobrar muito, pois fiz um treino bem pesados nos últimos dias e ainda rodei super bem para 23 certinho. Acredito que outra pessoa não conseguiria fazer o tempo que eu fiz, com as coxas pesadas como eu estava.

Na largada senti uma sensação estranha, fiquei bem preocupada, pois nunca me senti daquele jeito e estava pensando no que estava me caucionando aquilo. No km 2 passou, sai segurei e fui de boa, mesmo sendo passada pelas feras. Como era bate e volta, eu contei todas as mulheres que estavam na minha frente, e claro que eu tive o controle absoluto da situação. No km 4 fui ultrapassada , ficando em oitava geral feminino, dai tudo bem já não tinha a minima chance, o lance era ficar feliz em chegar entre as 10 primeiras colocadas.Não sei quantas mulheres tinha, mais eram bastante, vi quando estava voltando.

No resultado, não seio que houve, eu estava em 10ª geral (Mas coma??!!), claro que não considerei o tempo pela organização, pois eu CONTEI as mulheres que estavam na minha frente e não estava engada, algum "bonitinho" correu com  chip de mulher. Tudo bem, o que importa que eu estava ali, feliz e sabendo que a minha missão foi comprima e exata 23 minutos...Uau!!!

Esta semana estou de "molho", fiz uma cirurgia no dente e por isto 3 dias OFF (estou pirando), já me sinto gorda e fora de forma. Mas, será para meu bem :)

Agradecimentos:
Leandro Nascimento - Assessocor Assessoria Esportiva
Felipe - Academia Body Line
Ticket Agora - Assessocor.com.br
Mel PIinesso - Nutricionista


concentração total